Descubra Nikkei

https://www.discovernikkei.org/pt/interviews/clips/1038/

Getting good guidance

The doctor that my father had – his name was Dr. William J. Norris and he was on the staff at Children’s Hospital and Good Samaritan. And so – he was very kind – and one time I asked him, when I was older, I said,” I’d like to be a doctor.” And so he says,” Oh, if you do I can help you all I can.” Never did he say that, because you’re a woman…

So anyway, so I applied to medical school and at SC they didn’t take any the first year, and the second year they took 2 women so then I went to Chicago. And…I applied to Stritch Loyola and they accepted 4 women - one from San Franciso, and myself and 2 from Illinois.

So then, I kept in touch with this…my father’s doctor and so when I graduated, I said,” I think I’d like to be a surgeon.” And he says,” well - he used to call me Sake – Sake,” he says,” as a woman,” hey says,” surgery will be very difficult because you’d have to depend on men to refer cases to you. And so if I were you, I’d do family practice and see how you like it and if you still want to go into surgery I’ll do everything to help you.”

So I went into general practice and I liked it, cause I tooked care of – as I always say – skin and it’s contents, I took care of the children and mothers and did some surgery and all aspects of medicine at that time.


educação escolas médicas gênero medicina

Data: March 31, 2005

Localização Geográfica: California, US

Entrevistado: Gwenn M. Jensen

País: Watase Media Arts Center, Japanese American National Museum

Entrevistados

A Dra. Sakaye Shigekawa nasceu em 6 de janeiro de 1913 em South Pasadena [na área da Grande Los Angeles], na Califórnia. Quando ela era criança, seu pai foi hospitalizado com pneumonia dupla; durante suas visitas ao pai no hospital ela fez amizade com os médicos e enfermeiros. Ela decidiu então que um dia iria se tornar médica. Depois de fazer os cursos iniciais na University of Southern California, ela foi aceita pela Stritch Loyola Medical School, onde era uma dentre apenas quatro mulheres em sua classe. Ela perseverou durante seu período na escola de medicina apesar de ter sofrido discriminação sexual tanto da parte dos instrutores quanto de seus companheiros de estudo. Após a formatura, ela começou a praticar medicina na área da Grande Los Angeles.

A Dr. Shigekawa foi uma das primeiras pessoas a serem encarceradas no Hipódromo de Santa Anita em 1 de março de 1942. Ela foi convidada para se unir aos médicos Norman Kobayashi e Fred Fujikawa no tratamento de pacientes durante o período de encarceramento, o que a ajudou a superar a amargura e a depressão que sentia. Inicialmente, ela só era permitida de tratar problemas de pele, mas algum tempo depois ela pediu para prestar assistência em outras áreas e começou então a trabalhar como obstetra e em outros campos da medicina.

Depois da guerra, ela continuou a praticar medicina e eventualmente abriu o seu próprio consultório, onde continua a trabalhar até hoje. Durante seus 39 anos como obstetra, ela calcula que ajudou no parto de mais de 20 mil bebês sem nunca ter perdido uma mãe. Ela faleceu em 18 de outubro de 2013, aos 100 anos de idade. (Abril de 2020)

Ariyoshi,George

A professora que ajudou com o problema de língua presa (Inglês)

(n. 1926) Político democrata e governador do Havaí por três mandatos

Hirabayashi,James

Pouca interação com os pais (Inglês)

(1926 - 2012) Estudioso e professor de antropologia, liderou a fundação de estudos étnicos como disciplina acadêmica

Hirabayashi,James

Política em estudos étnicos (Inglês)

(1926 - 2012) Estudioso e professor de antropologia, liderou a fundação de estudos étnicos como disciplina acadêmica

Hirabayashi,James

Centro de Estudos Nipo-Americanos na comunidade (Inglês)

(1926 - 2012) Estudioso e professor de antropologia, liderou a fundação de estudos étnicos como disciplina acadêmica

Hirabayashi,James

Envolvimento com estudos étnicos (Inglês)

(1926 - 2012) Estudioso e professor de antropologia, liderou a fundação de estudos étnicos como disciplina acadêmica

Hirabayashi,James

Testando suposições de pesquisadores japoneses (Inglês)

(1926 - 2012) Estudioso e professor de antropologia, liderou a fundação de estudos étnicos como disciplina acadêmica

Kawakami,Barbara

Crianças trabalhando duro (Inglês)

Pesquisadora e estudiosa do vestuário dos imigrantes japoneses.

Kawakami,Barbara

Primeiro dia na escola (Inglês)

Pesquisadora e estudiosa do vestuário dos imigrantes japoneses.

Okasaki,Robert (Bob) Kiyoshi

Influência da avó na de decisão de ir ao Japão (Inglês)

(n. 1942) Ceramista nippo-americano; mais de 30 anos morando no Japão.

Yonamine,Wally Kaname

Treinando para o futebol carregando sacos de 100-lb de grama sobre montanhas. (Inglês)

(n. 1925) Nissei descendente de Okinawas; teve uma carreira de 38 anos como jogador de baseball, técnico, batedor e administrador no Japão.

Kosaki,Richard

Ensinando na escola militar durante a Segunda Guerra Mundial (Inglês)

(1924 nascido) Cientista politico, educador, e administrador de Hawai`i

Kosaki,Richard

Lição aprendida da comunidade universitária da faculdade (Inglês)

(1924 nascido) Cientista politico, educador, e administrador de Hawai`i

Kosaki,Richard

Recompensas por lecionar (Inglês)

(1924 nascido) Cientista politico, educador, e administrador de Hawai`i

Ito,Mitsuo

Escola Japonesa (Inglês)

(n. 1924) Nissei nipo-canadense. Intérprete para o exército britânico no Japão após a Segunda Guerra Mundial. Ativo na comunidade nipo-canadense

Kadoguchi,Shizuko

A rígida política de separação entre meninos e meninas nas escolas no Japão (Inglês)

(n. 1920) Nissei nipo-canadense. Fundou a Sociedade Ikenobo Ikebana de Toronto