Descubra Nikkei

https://www.discovernikkei.org/pt/journal/series/kizuna/

Kizuna: Histórias dos Nikkeis sobre o Terremoto e Tsunami no Japão


18 de Março de 2011 - 11 de Março de 2023

Em Japonês, kizuna significa fortes laços emocionais.

Esta série de artigos tem como propósito compartilhar as reações e perspectivas de indivíduos ou comunidades nikkeis sobre o terremoto em Tohoku Kanto em 11 de março de 2011, o qual gerou um tsunami e trouxe sérias consequências. As reações/perspectivas podem ser relacionadas aos trabalhos de assistência às vítimas, ou podem discutir como aquele acontecimento os afetou pessoalmente, incluindo seus sentimentos de conexão com o Japão.

Se você gostaria de compartilhar suas reações, leia a página "Submita um Artigo" para obter informações sobre como fazê-lo. Aceitamos artigos em inglês, japonês, espanhol e/ou português, e estamos buscando histórias diversas de todas as partes do mundo.

É nosso desejo que estas narrativas tragam algum conforto àqueles afetados no Japão e no resto do mundo, e que esta série de artigos sirva como uma “cápsula do tempo” contendo reações e perspectivas da nossa comunidade Nima-kai para o futuro.

* * *

Existem muitas organizações e fundos de assistência estabelecidos em todo o mundo prestando apoio ao Japão. Siga-nos no Twitter @discovernikkei para obter maiores informações sobre as iniciativas de assistência dos nikkeis, ou dê uma olhada na seção de Eventos. Se você postar um evento para arrecadar fundos de assistência ao Japão, favor adicionar a tag “Jpquake2011” para que seu artigo seja incluído na lista de eventos para a assistência às vítimas do terremoto.


Terremoto e tsunami de Tohoku 2011, Japão comunidades apoio à comunidade terremotos Japão JPquake2011

Stories from this series

Thumbnail for Lembrando o Terremoto e Tsunami de Tohoku: Uma Entrevista com Derek Yamashita da Empresa de Turismo The Hidden Japan – Parte 2
en
ja
es
pt
Lembrando o Terremoto e Tsunami de Tohoku: Uma Entrevista com Derek Yamashita da Empresa de Turismo The Hidden Japan – Parte 2

11 de Março de 2023 • Japanese American National Museum

Leia a Parte 1 >> INDO ALÉM DO TRABALHO DE DEREK EM TOHOKU Seu trabalho no Hidden Japan foi expandido para abranger a realização de eventos no Japão e nos Estados Unidos, os quais comemoram as nossas culturas e ajudam a disseminar a compreensão intercultural. O que levou você a criar esse objetivo para a sua empresa? Sendo um nipo-americano que cresceu na comunidade nipo-americana, eu percebi que a cultura japonesa que vemos em Los Angeles é apenas uma janelinha …

Thumbnail for Lembrando o Terremoto e Tsunami de Tohoku: Uma Entrevista com Derek Yamashita da Empresa de Turismo The Hidden Japan – Parte 1
en
ja
es
pt
Lembrando o Terremoto e Tsunami de Tohoku: Uma Entrevista com Derek Yamashita da Empresa de Turismo The Hidden Japan – Parte 1

10 de Março de 2023 • Japanese American National Museum

Desde 2011, o dia 11 de março se tornou um dia da lembrança para as centenas de milhares de vidas japonesas que foram mudadas para sempre pelo devastador Grande Terremoto de Tohoku Kanto. Muitas vidas foram perdidas como consequência do terremoto e do tsunami que se seguiu. O desastre gerou numerosos problemas que afetaram as pessoas e a região nas semanas seguintes, os quais perdurariam ao longo de meses e anos. Da falha da usina nuclear em Fukushima à contaminação …

Thumbnail for Lembrando: O Grande Terremoto e Tsunami do Leste do Japão 10 Anos Depois
en
ja
es
pt
Lembrando: O Grande Terremoto e Tsunami do Leste do Japão 10 Anos Depois

11 de Março de 2021 • Norm Masaji Ibuki

Nesse último dia 13 de fevereiro, um terremoto de magnitude 7,1 ocorreu em Fukushima. Eu fiquei paralisado. O suor frio e uma sensação familiar de pânico voltaram com toda a força. Flashback: 11 de março de 2011.  Eu me lembro claramente de acordar para ir para a escola e receber um telefonema esquisito e alvoroçado da rádio CBC pedindo um comentário sobre o terremoto e tsunami no Japão. “O que diabos estava acontecendo?” eu me perguntei, irritado com a interrupção …

Thumbnail for Décimo aniversário do desastre do tsunami no Japão – uma história visual de resgate de animais
en
ja
es
pt
Décimo aniversário do desastre do tsunami no Japão – uma história visual de resgate de animais

5 de Março de 2021 • Lexie Boezeman Cataldo

Estamos nos aproximando rapidamente do décimo aniversário do terrível terremoto e tsunami que atingiu o Japão em 11 de março de 2011. O terremoto de magnitude 9,0 que atingiu o Japão criou um tsunami que arrasou um trecho de 200 milhas (518 km) da costa, e viajou em algumas áreas até seis milhas para o interior. O tsunami então causou um colapso triplo na Usina Nuclear Fukushima Daiichi, em Fukushima. A fúria da mãe natureza que matou mais de 18 …

Thumbnail for As Pinhatas e as Faixas Mexicanas Enviadas ao Japão como Apoio às Vítimas do Grande Terremoto de 2011
en
ja
es
pt
As Pinhatas e as Faixas Mexicanas Enviadas ao Japão como Apoio às Vítimas do Grande Terremoto de 2011

10 de Março de 2017 • Sergio Hernández Galindo

Na madrugada de 11 de março de 2011, Midori Suzuki não estava conseguindo dormir tranquilamente. Naquela manhã, ela iria inaugurar na Associação México Japonesa uma exposição de quadros chamada “Flor de Maguey”, a qual ela havia organizado junto com algumas de suas colegas pintoras. Quando conseguiu finalmente dormir, ela recebeu um telefonema de uma amiga lhe informando que um forte terremoto havia atingido o Japão. Já sonolenta, ela respondeu sem pensar: – Não se preocupa! Deve ser um dos muitos …

Thumbnail for Em Minamisanriku, Levantando as Consequências do Grande Terremoto no Leste do Japão de 2011
en
ja
es
pt
Em Minamisanriku, Levantando as Consequências do Grande Terremoto no Leste do Japão de 2011

20 de Setembro de 2016 • Nancy Matsumoto

No meu último dia em Minamisanriku, um pequeno grupo de nós da World in Tohoku se inscreveu para um passeio pela área costeira do centro da cidade, que foi dizimada pelo terremoto e tsunami de 11 de março de 2011. Até então, estávamos imersos em brainstorming de formas de fazer crescer as organizações de um grupo de empreendedores sociais dedicados e inspiradores. Eles eram tão positivos e tão vivos que era difícil compreender visceralmente a extensão do desastre natural que …

Estamos procurando histórias como a sua! Envie o seu artigo, ensaio, narrativa, ou poema para que sejam adicionados ao nosso arquivo contendo histórias nikkeis de todo o mundo. Mais informações
Novo Design do Site Venha dar uma olhada nas novas e empolgantes mudanças no Descubra Nikkei. Veja o que há de novo e o que estará disponível em breve! Mais informações
Authors in This Series

Gil Asakawa escreve sobre cultura pop e política a partir de uma perspectiva asiático-americana e nipo-americana em seu blog, www.nikkeiview.com. Ele e seu sócio também fundaram o www.visualizAsian.com, em que conduzem entrevistas ao vivo com notáveis ​​asiático-americanos das Ilhas do Pacífico. É o autor de Being Japanese American (Stone Bridge Press, 2004) e trabalhou na presidência do conselho editorial do Pacific Citizen por sete anos como membro do conselho nacional JACL.

Atualizado em novembro de 2009


A Associação Peruano Japonesa (APJ) é uma organização sem fins lucrativos que reúne e representa os cidadãos japoneses residentes no Peru e seus descendentes, como também as suas instituições.

Atualizado em maio de 2009


Frank Buckley é co-âncora da transmissão exclusiva ganhadora do Emmy da KTLA, o KTLA Morning News. Buckley ingressou na KTLA/CW em junho de 2005 vindo da CNN, onde havia sido correspondente nacional em Los Angeles.

Poucas semanas após a chegada de Buckley ao KTLA, ele viajou ao Irã para cobrir a eleição presidencial. Além de suas funções como âncora do KTLA Morning News, Buckley também escreve o Buckley Blog em KTLA.COM.

Atualizado em março de 2011


Lexie Boezeman Cataldo mora atualmente em Thousand Oaks, Califórnia, como fotógrafa. Lexie passou mais de 25 anos na Ásia, 18 dos quais no Japão. Sua paixão pelos animais e pela natureza faz com que ela seja voluntária no resgate de animais e fotografe animais para ajudá-los a encontrar seus lares eternos. Ela é a orgulhosa mãe de duas lindas meninas e três gatos exigentes.

Atualizado em março de 2021


Keiko Fukuda nasceu na província de Oita, se formou na Universidade Católica Internacional e trabalhou num editorial de revistas informativas em Tókio. Em 1992 imigrou aos EUA e trabalhou como editora chefe numa revista dedicada a comunidade japonesa. Em 2003 decidiu trabalhar como ¨free-lance¨ e, atualmente, escreve artigos para revistas focalizando entrevistas a personalidades.  Publicou junto a outros escritores o “Nihon ni Umarete” (Nascido no Japão) da editora Hankyuu Comunicações. Website: https://angeleno.net 

Atualizado em julho de 2020 


Kristin Hanaoka é uma nipo-americana de quarta geração dos subúrbios de Chicago. Ela se formou na Illinois State University em Educação Elementar. Atualmente ela ensina inglês no Japão com o Programa de Ensino e Intercâmbio do Japão como Professora Assistente de Idiomas em Takahagi, Ibaraki-ken, localizado diretamente ao sul de Fukushima-ken, na costa nordeste do Japão. Kristin está no Japão desde julho de 2009 e leciona em diversas escolas secundárias na região norte de Ibaraki.

Atualizado em abril de 2011


Nascida em Los Angeles, encarcerada em Amache, educada em Boston e Utah, Lily mora atualmente em Salt Lake City com o marido John. Ela lecionou na escola por 13 anos e teve um negócio de vitrais por mais de três décadas, do qual está semi-aposentada. Ela é aquarela e escreveu uma autobiografia criativa “Gasa Gasa Girl Goes to Camp: A Nisei Youth Behind a World War Fence”, que será publicada pela University of Utah Press na primavera de 2014.

Atualizado em agosto de 2012


Sergio Hernández Galindo é formado na Faculdade do México, se especializando em estudos japoneses. Ele publicou numerosos artigos e livros sobre a emigração japonesa para o México e América Latina.

Seu livro mais recente, Os que vieram de Nagano. Uma migração japonesa para o México (2015) aborda as histórias dos emigrantes provenientes desta Prefeitura tanto antes quanto depois da guerra. Em seu elogiado livro A guerra contra os japoneses no México. Kiso Tsuru e Masao Imuro, migrantes vigiados ele explica as consequências das disputas entre os EUA e o Japão, as quais já haviam repercutido na comunidade japonesa décadas antes do ataque a Pearl Harbor em 1941.

Ele ministrou cursos e palestras sobre este assunto em universidades na Itália, Chile, Peru e Argentina, como também no Japão, onde fazia parte do grupo de especialistas estrangeiros em Kanagawa e era bolsista da Fundação Japão, afiliada com a Universidade Nacional de Yokohama. Atualmente, ele trabalha como professor e pesquisador do Departamento de Estudos Históricos do Instituto Nacional de Antropologia e História do México.

Atualizado em abril de 2016


Dualidade é um tema que Jay explora constantemente com sua arte. Sendo um nipo-americano bilíngue, existe uma dualidade de pensamentos, palavras e tradução. Ele também recebe muita inspiração artística da própria cultura japonesa e de como ela difere de sua vida americana. Sua arte é uma mistura de aquarela abstrata e tecnologia robótica hiperdetalhada, questionando constantemente o equilíbrio entre o homem e a natureza, o antigo e o novo.

Jay nasceu e foi criado na Bay Area, Califórnia. Ele passou alguns anos estudando arte no condado de Napa, depois mudou-se para o sul da Califórnia e se formou no Art Center College of Design em Pasadena em 2006. Ele então trabalhou como artista e designer profissional em Los Angeles por alguns anos, antes de se mudar. no exterior para Tóquio na primavera de 2010.

http://www.jaykun.com/

Atualizado em março de 2011


O escritor Norm Masaji Ibuki mora em Oakville, na província de Ontário no Canadá. Ele vem escrevendo com assiduidade sobre a comunidade nikkei canadense desde o início dos anos 90. Ele escreveu uma série de artigos (1995-2004) para o jornal Nikkei Voice de Toronto, nos quais discutiu suas experiências de vida no Sendai, Japão. Atualmente, Norm trabalha como professor de ensino elementar e continua a escrever para diversas publicações.

Atualizado em dezembro de 2009


Diretor representante da Immigration Information Organization Co., Ltd. Editor-chefe da Immigrants, revista de informação multicultural publicada pela empresa. Ingressou no Mainichi Shimbun em 1974. Repórter do Departamento de Assuntos Sociais da Sede de Osaka. Atuou como repórter político e redator editorial. Em março de 2007, aposentou-se como vice-presidente editorial. Ele também atua como Conselheiro de Radiodifusão de Wakayama e consultor de mídia para a Organização Internacional para as Migrações (OIM).

(Atualizado em outubro de 2009)


Estabelecido em 1985, o Museu Nacional Japonês Americano (Japanese American National Museum, JANM) promove a compreensão e a apreciação da diversidade étnica e cultural dos Estados Unidos ao compartilhar as experiências dos nipo-americanos. Situado no bairro histórico de Little Tokyo, no centro de Los Angeles, o JANM dá voz aos nipo-americanos e serve como um fórum aberto para que todos possam explorar o seu próprio patrimônio e cultura. Desde a sua abertura ao público em 1992, o JANM realizou mais de 70 exposições nas suas instalações e enviou 17 exposições para importantes museus culturais nos Estados Unidos, Japão e América do Sul. Para maiores informações, visite o site janm.org ou siga @jamuseum nas redes sociais.

Atualizado em março de 2023


Soji Kashiwagi escreveu diversas peças teatrais, artigos, colunas jornalísticas e ensaios sobre a experiência nipo-americana, muitos dos quais enfocam o aprisionamento da comunidade nipo-americana durante a Segunda Guerra Mundial. Ele é dramaturgo, sendo o co-fundador e produtor executivo do Grupo Grateful Crane.

Atualizado em maio de 2015


María Laura Martelli Giachino é formada em Jornalismo (Universidade del Salvador, Buenos Aires, Argentina - 2015). Graduada com sua tese "A catástrofe de Tohoku. Uma análise da reconstrução midiática da imagem do Japão diante do tsunami." Ele viajou ao Japão para entrevistar moradores de uma das cidades afetadas pelo desastre, em Rikuzentakata, província de Iwate. Ele continua seus estudos de japonês e inglês. É Editora Geral da mídia digital Alternativa Nikkei desde março de 2016. Desde criança foi apaixonada pela cultura e história do Japão, o que a levou a se aventurar no idioma. Possui conhecimentos de Desenho, Ilustração e Edição Digital que incorpora ao desenho estilo mangá.

Última atualização em maio de 2019


Nissei nipo-argentino. Em 1990, ele veio para o Japão como estudante internacional financiado pelo governo. Ele recebeu o título de Mestre em Direito pela Universidade Nacional de Yokohama. Em 1997, fundou uma empresa de tradução especializada em relações públicas e trabalhos jurídicos. Ele foi intérprete judicial em tribunais distritais e de família em Yokohama e Tóquio. Ele também trabalha como intérprete de transmissão na NHK. Ele ensina a história dos imigrantes japoneses e o sistema educacional no Japão para estagiários Nikkei na JICA (Agência de Cooperação Internacional do Japão). Ele também ensina espanhol na Universidade de Shizuoka e economia social e direito na América Latina no Departamento de Direito da Universidade Dokkyo. Ele dá palestras sobre multiculturalismo para assessores estrangeiros. Publicou livros em espanhol sobre os temas imposto de renda e status de residente. Em japonês, publicou “54 capítulos para aprender sobre o argentino” (Akashi Shoten), “Aprenda a falar espanhol em 30 dias” (Natsumesha) e outros. http://www.ideamatsu.com

Atualizado em junho de 2013


Nancy Matsumoto é escritora e editora freelancer que discute assuntos relacionados à agroecologia, comidas e bebidas, artes, e a cultura japonesa e nipo-americana. Ela já contribuiu artigos para o Wall Street Journal, Time, People, The Toronto Globe and Mail, Civil Eats, e TheAtlantic.com, como também para o blog The Salt da [rede de TV pública americana] PBS e para a Enciclopédia Densho sobre o Encarceramento dos Nipo-Americanos, entre outras publicações. Seu livro, Exploring the World of Japanese Craft Sake: Rice, Water, Earth [Explorando o Mundo do Saquê Artesanal Japonês: Arroz, Água, Terra], foi publicado em maio de 2022. Outro dos seus livros, By the Shore of Lake Michigan [Na Beira do Lago Michigan], é uma tradução para o inglês da poesia tanka japonesa escrita pelos seus avós; o livro será publicado pela Asian American Studies Press da UCLA. Twitter/Instagram: @nancymatsumoto

Atualizado em agosto de 2022


A americana de Okinawa Susan Miyagi McCormac é uma escritora radicada em Nova York que iniciou o site JapanCulture•NYC em maio de 2011 como um recurso para todas as coisas japonesas na cidade de Nova York. Ela também bloga sobre sua herança de Okinawa e seu fascínio pela cultura japonesa em shrinecastle.com .

Atualizado em março de 2012


Henrique Minatogawa é jornalista e fotógrafo, brasileiro, nipo-descendente de terceira geração. Sua família veio das províncias de Okinawa, Nagasaki e Nara. Em 2007, foi bolsista Kenpi Kenshu pela província de Nara. No Brasil, trabalha na cobertura de diversos eventos relacionados à cultura oriental. (Foto: Henrique Minatogawa)

Atualizado em julho de 2020


Mia Najaki Monnier nasceu em Pasadena, filha de mãe japonesa e pai americano, e morou em onze cidades diferentes, entre elas Kyoto, no Japão; uma cidadezinha em Vermont; e em um subúrbio texano. Ela atualmente estuda literatura de não-ficção na University of Southern California enquanto escreve para o Rafu Shimpo e Hyphen Magazine, além de fazer estágio na Kaya Press. Você pode contatá-la através do email miamonnier@gmail.com.

Atualizado em fevereiro de 2013


Gwen Muranaka, editora sênior, trabalha no The Rafu Shimpo desde 2001. Antes disso, ela trabalhou em Tóquio no Japan Times , onde ainda contribui com o desenho animado semanal “Noodles”. Ela freqüentou a UCLA, onde obteve bacharelado em literatura inglesa e também estudou um ano na Universidade Waseda. Muranaka começou em jornais comunitários como editor assistente no Pacific Citizen .

Atualizado em março de 2021


Harumi Nako Fuentes é comunicadora social com especialização em jornalismo pela Universidade de Lima. Atuou em instituições públicas e privadas, como professora, analista de imprensa, redatora e editora de diversas publicações. Fez cursos de especialização em imagem e marketing e é licenciado em Gestão Cultural. Atualmente é chefe de Comunicação da Associação Japonesa Peruana (APJ), editora da revista Kaikan e membro do comitê editorial do Fundo Editorial da APJ.

Última atualização em abril de 2019


Nasceu em Hokkaido. Ingressou na Daido Life Insurance em 1976. Em 1992, iniciou atividades voluntárias para apoiar estrangeiros no aprendizado do japonês. Através desta atividade, conheci nipo-canadenses. Em 2011, aposentou-se da empresa. Atualmente trabalhando na Prefeitura de Miyagi, ele continua envolvido em diversas atividades voluntárias. Mora na cidade de Sendai.

(Atualizado em fevereiro de 2013)


Victor Nishio Yasuoka é descendente de terceira geração de imigrantes japoneses no Peru. Na metade do ensino fundamental, mudou-se com a família para o Panamá, onde concluiu os estudos. Quase 10 anos depois, retornou ao Peru e encontrou o país completamente mudado. Estudou arquitetura em uma universidade pública, mas percebeu que seu maior interesse estava na área de comunicações. Hoje, morando em Lima, Victor é publicitário, artista visual e colunista.

Para conhecer sua obra, visite seu novo site: www.victor.pe , onde você encontrará toda a sua produção artística, gráfica e literária.

Atualizado em agosto de 2009


Nascido e criado em São Francisco, Califórnia, por seus pais Issei, que o criaram com valores japoneses em casa enquanto era educado em escolas americanas, ele foi capaz de assimilar culturas e idiomas desde cedo. Está na indústria de semicondutores e eletrônicos há mais de 25 anos e agora tem sua própria empresa de consultoria, onde ajuda a preencher a lacuna tecnológica e cultural entre o Japão e a América do Norte.

Envolveu-se com o JAMsj no final do verão de 2010, ajudando na construção da área de exposição do JAMsj. Ele agora é encontrado com mais frequência como docente nos finais de semana, com marteladas ocasionais aqui e ali. Michael também se juntou ao Conselho do JAMsj em maio de 2011. Sua atração pelo JAMsj foi a oportunidade de retribuir à comunidade local enquanto aprende mais sobre a experiência nipo-americana. “Aprendi mais com os internos que visitam os JAMsj do que jamais lerei”, diz Michael.

Atualizado em janeiro de 2014


Lorne Spry mora no Japão desde 1993 – a maior parte desses anos em Sendai, Miyagi. Ele é casado e tem filhos e leciona como professor contratado no ensino superior. Seus interesses incluem escrita, história, política, sociologia, fotografia e ciclismo. Felizmente, a família Fujita/Spry sobreviveu ao Grande Terremoto do Nordeste sem danos significativos à sua casa ou perda de entes queridos.

Atualizado em abril de 2012


Nasceu na província de Miyagi. Depois de se formar no departamento de pintura a óleo da Musashino Art University em 1971, estudou arte em Granada, Espanha, em 1975. Realizou inúmeras exposições individuais e exposições. Morou no México por 24 anos. Além de atuar como pintor, ele também atua como vice-presidente do México Miyagi Aoba-kai e é membro do Japão-México Kaikan.

(Atualizado em dezembro de 2011)


Wayne Tada é um "Sansei" de terceira geração que cresceu em São Francisco e se mudou para Los Angeles após se formar na faculdade. Ele trabalhou como analista financeiro e instrutor corporativo na Blue Cross of California. Agora aposentado após 35 anos, ele gosta de fotografia esportiva, de reaprender "Nihongo" e de se envolver com "coisas japonesas" na comunidade nipo-americana. Seu objetivo é emprestar sua voz e apoio a outros nisseis e sansei para manter viva a herança nipo-americana para as gerações futuras.

Seu foco atual está em São Francisco, onde sua cidade no Japão está ameaçada pelo esperado desenvolvimento imobiliário comercial, que removeria vestígios da comunidade nipo-americana na qual ele cresceu durante os anos do pós-guerra. Ele escreveu vários artigos publicados no Nichi Bei Times para defender os esforços de preservação e restauração da atual população local e dos interesses comerciais em geral.

Atualizado em março de 2011


Masami Takahashi é atualmente professor associado de psicologia na Northeastern Illinois University. Ele passou os últimos 20 anos estudando psicologia do desenvolvimento, especializando-se no final da idade adulta. O foco de sua pesquisa tem sido os pontos fortes psicológicos dos idosos, incluindo os conceitos de sabedoria e espiritualidade.

Ele é autor do documentário “The Last Kamikaze: Testimonials from WWII Suicide Pilots”, que conta a história de adolescentes japoneses recrutados como homens-bomba durante a Segunda Guerra Mundial.

Ele mora em Chicago com sua família.

Links de O Último Kamikaze: Depoimentos de Pilotos Suicidas da Segunda Guerra Mundial:
http://www.der.org/films/filmmakers/masami-takahashi.html
http://www.der.org/films/last-kamikaze.html

Última atualização em março de 2011


Marsha Takeda-Morrison é uma escritora e diretora de arte que mora em Los Angeles e bebe muito café. Seus escritos foram publicados no Los Angeles Times, Parents, Genlux, Niche , Mom.com e outras publicações sobre estilo de vida, educação e parentalidade. Ela também cobre a cultura pop e entrevistou nomes como Paris Hilton, Jessica Alba e Kim Kardashian. Embora passe muito tempo em Hollywood, ela nunca fez uma cirurgia plástica, deu à luz o filho de um ator ou participou de um reality show. Ainda.

Atualizado em maio de 2023


Debora Toth é redatora e editora freelancer e mora em Long Island, NY. Seus artigos foram publicados no The New York Times , na revista Emirates Airlines , Family Fun e em muitas outras revistas e jornais.


Desde 1999, Tak Toyoshima cria a história em quadrinhos Secret Asian Man , que é impressa mensalmente, semanalmente e diariamente. SAM concentra-se na dinâmica entre grupos como raça, religião, política, pessoas que gostam de cães versus pessoas que gostam de gatos e qualquer outro grupo ao qual estejamos associados. Acompanhe o SAM em http://www.secretasianmancomics.blogspot.com/

Atualizado em 18 de março de 2011


Nasceu na Costa Rica, América Central e do Sul. Ele tem pai japonês e mãe chilena. Por causa do trabalho do meu pai, mudávamos a cada três anos para o Paraguai, Bolívia, Equador, El Salvador, Japão, Suriname, Chile e depois voltamos para o Japão. Atualmente, ele é responsável por apoiar as atividades dos estudantes internacionais Nikkei da Fundação Nippon no escritório da Associação Japonesa de Exterior em Yokohama. Além disso, como primeiro passo para estabelecer uma associação de ex-alunos de estudantes internacionais, lançamos uma página oficial para estudantes internacionais japoneses .

(Atualizado em 4 de março de 2008)

Discover Nikkei Updates

CRÔNICAS NIKKEIS #13
Nomes Nikkeis 2: Grace, Graça, Graciela, Megumi?
O que há, pois, em um nome? Compartilhe a história do seu nome com nossa comunidade. Inscrições já abertas!
NOVIDADES SOBRE O PROJETO
NOVO DESIGN DO SITE
Venha dar uma olhada nas novas e empolgantes mudanças no Descubra Nikkei. Veja o que há de novo e o que estará disponível em breve!