Discover Nikkei Logo

https://www.discovernikkei.org/pt/journal/2011/12/5/imperio-de-vidrio/

O império do vidro. Uma história que resgata a disciplina e a coragem de um imigrante japonês

1 comments

Ninguém sabe por que ele decidiu pelo vidro. É como se o mistério tornasse sua história mais interessante. Kamekichi Miyasato economizou durante 10 anos como trabalhador rural, depois de chegar de sua cidade natal, Okinawa, para iniciar um negócio de vidro.

Kamekichi Miyasato, construtor de um império (Foto: arquivo da família Miyasato)

“Eles sempre me fazem a mesma pergunta e nunca consigo responder”, diz o Sr. Enrique Miyasato, atual presidente do conselho de administração da Miyasato Corporation, com toda a honestidade. “Meu pai escolheu uma área que não tinha nada a ver com o que seus compatriotas costumavam fazer. Geralmente eram dedicados a pousadas, cabeleireiros ou carvoarias”, lembra.

O negócio começou em Callao. Aos poucos, os clientes começaram a chegar. Kamekichi não falava bem espanhol, mas de uma forma ou de outra se fez entender. Os limites linguísticos não são um problema para quem procura um futuro melhor para a sua família. Aos poucos foi aprendendo mais palavras e acabou se comunicando com mais carinho.

“Depois que meu pai se deu bem em Callao, ele decidiu ir para o centro de Lima em busca de um mercado maior. Lá, meu irmão Pedro começa a ajudá-lo, inaugurando a segunda geração da família que se aventura no negócio”, diz Dom Enrique, único sobrevivente do sexo masculino dos quatro filhos que seu pai teve. No total eram 8 (quatro meninos e quatro meninas) filhos de Kamekichi Miyasato.

Sempre com foco no bom atendimento ao cliente, fazendo-o sentir-se seguro e respeitado, e com a ideia clara de oferecer sempre os melhores produtos, a família Miyasato começou a se destacar nos negócios mais procurados de Lima no meio. do século passado. Nunca atrasavam uma entrega, característica que os diferenciava da concorrência, onde era comum a entrega dos trabalhos com alguns dias de atraso.

Enrique Miyasato, presidente do conselho de administração da Corporación Miyasato.

Depois, foi a vez do pequeno Enrique, hoje presidente do conselho, começar a trabalhar ao lado do pai. Mas as personalidades eram diferentes. O pai manteve aquele espírito tradicional e oriental que pedia sobriedade e segurança, enquanto o filho possuía a veemência da juventude e a coragem de quem não tem medo de errar.

“Ele sempre me disse que eu deveria ser mais conservador. Eu era ambicioso. Queria fazer coisas maiores e meu pai me chamou para refletir. Era o que ele considerava certo. Mas o tempo deu-me razão, porque realizámos operações bem-sucedidas não só com vidro, mas também com outros materiais de construção.”

Foi com a entrada do jovem Enrique Miyasato que a corporação começou a se aventurar no alumínio, produto que até hoje a torna líder no mercado peruano. “Percebemos que muitos designers e construtores estavam solicitando alumínio para esquadrias. Antes eram feitos de ferro, mas eram muito pesados. Por outro lado, o alumínio era mais fino, decorativo, leve mas resistente, por isso apostamos tudo”, afirma Don Enrique.

A Miyasato Corporation é líder em seu setor. (Foto: Corporação Miyasato)

Mas não existe negócio de sucesso que não tenha superado os problemas. No caso da corporação Miyasato, os momentos difíceis nunca foram devidos às vendas de seus produtos ou serviços, mas sim às vendas de suas lojas. “Antes havia a comunidade industrial que se opunha à venda de duas das nossas lojas. Estivemos vários anos em tribunal, mas finalmente a justiça decidiu a nosso favor”, afirma o presidente do conselho de administração da Miyasato, que lembra que o seu pai sempre se comportou bem com os trabalhadores da empresa. “Ele era um homem muito consciente da responsabilidade social numa época em que ainda não estava na moda. Ajudava os parentes doentes, era compreensivo com eles, ainda mais do que com os próprios filhos”, conta Dom Enrique, quase rindo.

Hoje a Miyasato Corporation é líder em seu setor. Além de possuir oito lojas, uma delas no Chile, também é responsável por exportar e chegar a mercados como Equador, Bolívia, Colômbia, Venezuela e Estados Unidos. As vendas no ano passado atingiram 90 milhões de soles e até o final de 2012 esperam ultrapassar 100 milhões.

“O nosso sucesso está na vontade, na motivação para fazer bem, na pontualidade, na honestidade e no trabalho árduo. “Esses são os alicerces sobre os quais esta empresa foi construída”, diz Don Enrique.

(Foto: Corporação Miyasato)


* Este artigo foi publicado graças ao acordo entre a Associação Japonesa Peruana (APJ) e o Projeto Descubra Nikkei. Artigo publicado originalmente na revista Kaikan nº 59, agosto de 2011 e adaptado para o Descubra Nikkei.

© 2011 Asociación Peruano Japonesa; © 2011 Foto: Asociación Peruano Japonesa / Erika Kitsuta

Kamekichi Miyasato Peru
About the Authors

Luis Daniel Goya Callirgos é comunicador e jornalista. Foi editor da Revista Asia Sur, editor do jornal Correo e editor web do Grupo EPENSA. Foi editor da Eva Magazine e editor de edições do suplemento turístico Viajero, ambos do Grupo El Comercio. Ganhou por dois anos consecutivos o Prêmio ETECOM de Comunicação na categoria Imprensa Digital e obteve o primeiro lugar no concurso Crônicas Jornalísticas organizado pela Universidade Peruana de Ciências Aplicadas (UPC). Foi finalista do Concurso Extraordinário de Projetos de Documentário CONACINE e do Concurso DOCTV IB II. Foi repórter de televisão, colunista de imprensa escrita e dirige um dos blogs mais lidos sobre séries de televisão no Peru.

Última atualização em janeiro de 2010


A Associação Peruano Japonesa (APJ) é uma organização sem fins lucrativos que reúne e representa os cidadãos japoneses residentes no Peru e seus descendentes, como também as suas instituições.

Atualizado em maio de 2009

Explore more stories! Learn more about Nikkei around the world by searching our vast archive. Explore the Journal
Estamos procurando histórias como a sua! Envie o seu artigo, ensaio, narrativa, ou poema para que sejam adicionados ao nosso arquivo contendo histórias nikkeis de todo o mundo. Mais informações
Discover Nikkei brandmark Novo Design do Site Venha dar uma olhada nas novas e empolgantes mudanças no Descubra Nikkei. Veja o que há de novo e o que estará disponível em breve! Mais informações

Discover Nikkei Updates

CRÔNICAS NIKKEIS #13
Nomes Nikkeis 2: Grace, Graça, Graciela, Megumi?
O que há, pois, em um nome? Compartilhe a história do seu nome com nossa comunidade. Inscrições já abertas!
NOVIDADES SOBRE O PROJETO
NOVO DESIGN DO SITE
Venha dar uma olhada nas novas e empolgantes mudanças no Descubra Nikkei. Veja o que há de novo e o que estará disponível em breve!