Discover Nikkei Logo

https://www.discovernikkei.org/pt/interviews/clips/765/

Viajando para a Argentina (Espanhol)

(Espanhol) Parti do porto de Kobe. Foram 46 dias de viagem, através do Oceano Pacífico, Oceano Índico e Oceano Atlântico. Mais ou menos 46 dias. Mas a minha saída do Japão não foi muito emocionante porque recebi ordens para embarcar e fui ao porto de Kobe. Só que os trabalhadores estavam em greve ... O barco não saía. Até resolverem o problema da greve, o barco não podia sair. Tive que esperar. Todos os dias eu chegava às 8 no porto de Kobe. Eu fiquei hospedado na casa do meu tio e minha tia. Eu disse a eles: “Tio e tia, vocês já me acompanharam [até o porto]. Deixa para lá. Eu saio todos os dias às 8. Se o navio não partir, eu volto ... e se não partir de novo, volto de novo; se eu não voltar é porque me fui”. Isso durou mais ou menos uns 10 dias ... Todos os idas eu voltava às 12 para a casa do meu tio ... Ele acabou se acostumando: “Ah, outra vez! Vai voltar de novo!” Até que um dia não voltei. Na verdade, viajar de navio naquela época era muito triste—a partida [era triste]. Muita gente chorava; tinha uma fita em volta do navio, e o porto, e a música de despedida “Hotaru no Hikari”... Era algo dramático. Mas ninguém veio se despedir de mim. Então [perguntei]: “A que horas sai o navio?” “Às 8 da noite”. [Pensei então:] “Vou dormir um pouco e às 8 me levanto, pois quero pelo menos me despedir do Japão”. Assim que acordei, olhei o relógio. Eram 8 em ponto. Olhei pela janela, mas estava tudo claro. “Que estranho! Que dia mais longo!” Chamei um atendente. “O navio acabou de sair?” perguntei. Ele respondeu: “Saiu às 8, mas de ontem”. Quando acordei, já estávamos em pleno Oceano Pacífico ... Assim foi melhor; não senti nenhuma emoção nem nada.


Argentina imigração migração

Data: 23 de fevereiro de 2007

Localização Geográfica: Buenos Aires, Argentina

Entrevistado: Takeshi Nishimura, Ricardo Hokama

País: Centro Nikkei Argentino

Entrevistados

Kazuomi Takagi é um japonês nascido em 27 de março de 1925 na província de Mie, no Japão. Ele chegou na Argentina como turista e acabou ficando definitivamente. Ele começou a trabalhar no ramo jornalístico quase que por acaso, mas se manteve no ramo por mais de cinquenta anos tanto no rádio quanto na imprensa. Atualmente, aos 81 anos, continua trabalhando ardentemente na sua profissão no jornal da comunidade japonesa La Plata Hochi (na seção japonesa), além de intercalar participações como ator em comerciais. Ele faleceu em 10 de novembro de 2014, aos 89 anos de idade (janeiro de 2021)

Tom Yuki
en
ja
es
pt
Tom Yuki

His family's migration to Salinas, California

(n. 1935) Empresário Sansei

en
ja
es
pt
Kishi Bashi
en
ja
es
pt
Kishi Bashi

His Shin-Issei parents

(n. 1975) Músico, compositor e autor musical

en
ja
es
pt
Michelle Yamashiro
en
ja
es
pt
Michelle Yamashiro

General reasons why people left Japan for Peru

Norte-americana Okinawana, cujos pais são peruanos

en
ja
es
pt
Mitsuye Yamada
en
ja
es
pt
Mitsuye Yamada

Her mother came to the U.S. with a group of picture brides

(n. 1923) Kibei Nisei poet, activist

en
ja
es
pt
Mitsuye Yamada
en
ja
es
pt
Mitsuye Yamada

Her father bought her mother American clothes after she arrived from Japan

(n. 1923) Kibei Nisei poet, activist

en
ja
es
pt
Kazumu Naganuma
en
ja
es
pt
Kazumu Naganuma

Fazendo check-in na Imigração uma vez por mês

(n. 1942) japonês peruano encarcerado em Crystal City

en
ja
es
pt

Discover Nikkei Updates

CRÔNICAS NIKKEIS #13
Nomes Nikkeis 2: Grace, Graça, Graciela, Megumi?
O que há, pois, em um nome? Compartilhe a história do seu nome com nossa comunidade. Inscrições já abertas!
NOVIDADES SOBRE O PROJETO
NOVO DESIGN DO SITE
Venha dar uma olhada nas novas e empolgantes mudanças no Descubra Nikkei. Veja o que há de novo e o que estará disponível em breve!