Discover Nikkei Logo

https://www.discovernikkei.org/pt/journal/2016/1/20/aya-higashi/

Aya Higashi: a última filha nissei de Kaslo

comentários

Aya Higashi, a última residente de Kaslo, na Colúmbia Britânica, internada lá durante a Segunda Guerra Mundial, morreu no ano passado aos 96 anos.

Higashi teve uma longa carreira docente nos antigos campos de internamento nipo-canadenses de Slocan e Kaslo. Numa entrevista de 2012, ela declarou com orgulho que nunca usou castigos corporais. “Às vezes, ex-alunos dizem: 'Éramos crianças más, não éramos?' Nunca conheci um garoto mau. Em 33 anos de ensino, nunca gritei com uma criança, nem amarrei-a nem sacudi-a. Meus filhos, eu os abraço.”

Classe da escola dominical de Kaslo, ca. 1944. Aya (Atagi) Higashi está na última fila, segundo a partir da direita.

Higashi nasceu Ayako Atagi em Campbell River, British Columbia, e cresceu na Ilha Quadra, onde seu pai era construtor de barcos. Mais tarde, eles se mudaram para Vancouver, onde ela se formou no ensino médio aos 16 anos. Embora ela planejasse se tornar médica e fizesse alguns cursos de pré-medicina, a guerra mudou seu caminho.

Os pais de Aya Higashi, Kiyomatsu e Kane Atagi, viveram em Kaslo pelo resto de suas vidas.

Em 1942, quando os nipo-canadenses foram removidos à força da costa de BC, sua família foi internada na decadente cidade mineira de Kaslo, na parte sudeste da província. Eles moravam em uma casa abandonada - sem o pai dela, que foi enviado para trabalhar em Crowsnest Pass, perto da fronteira BC-Alberta. Eles não o viram novamente por anos. Naquele inverno estava tão frio que a baía de Kaslo congelou.

Nunca tendo vivido perto de outras famílias Nikkei e Nisei, Aya descobriu que seu japonês falado era formal e afetado em comparação com seus contemporâneos.

Aos 19 anos começou a lecionar em Kaslo, no bloco Giegerich, prédio que ainda está de pé. Mais tarde, ela se tornou diretora da escola na fazenda Popoff, perto de Slocan.

Diretora Aya Higashi, centro frontal, com a equipe da escola Popoff perto de Slocan, ca. 1945.

Após a guerra, ela foi para Vancouver para obter um certificado de professora e rejeitou muitas outras ofertas para retornar a Kaslo, cumprindo uma promessa feita ao diretor local. Ela lecionou no ensino médio, com especialização em comércio e economia doméstica.

Buck Higashi, 23 anos.

Em 1949, ela se casou com Buck Higashi. Eles passaram 59 anos juntos até sua morte. Embora não tivessem filhos, ela considerava todos os seus alunos seus filhos. Ela disse que os tratava igualmente e nunca se esquecia de ninguém.

Eles a convidaram para seus casamentos e aniversários e lotaram a academia quando ela se aposentou em 1986. Naquela época, ela e Buck iam se mudar para o litoral, mas ela descobriu que não poderia deixar Kaslo.

Buck disse a ela: “Eu me perguntei quando você perceberia isso”.

“Eu nunca poderia deixar Kaslo”, disse ela. “Kaslo é minha família.”

Naquela época, eles já eram os únicos que restaram na cidade e que foram forçados a ir para lá devido à internação. Como resultado, ela era frequentemente solicitada a falar para grupos turísticos, escolas e visitantes. Embora um pouco envergonhada com a atenção, ela se orgulhava de ser embaixadora da aldeia. Ela mostrou pouca amargura pelas circunstâncias que a levaram até lá.

“Fui criado com a ideia de 'Não tem jeito'. Você faz o melhor com o que recebe”, disse ela. “Aceitei o que veio. Eu não poderia ter uma vida melhor do que a que tenho aqui.”

Aya Higashi recebe a medalha do Jubileu de Diamante da Rainha em 2012. Foto: Greg Nesteroff.

Higashi estava com a saúde debilitada há algum tempo, mas foi homenageada publicamente duas vezes em 2012: ela revelou uma placa interpretativa na antiga fazenda Popoff comemorando o campo de internamento lá e alguns meses depois recebeu a medalha do Jubileu de Diamante da Rainha por excelente serviço comunitário.

Higashi morreu em 21 de julho de 2015, uma semana após seu 96º aniversário, e foi homenageada durante a abertura de gala de uma exposição no Centro Cultural Langham em Kaslo, onde foi fundamental na ajuda a montar uma exposição de museu sobre o internamento.

“A última filha nissei de Kaslo viveu uma vida vigorosa de serviço desde tenra idade”, disse Ian Fraser, curador da exposição. “Ela é lembrada com carinho por gerações de estudantes e amigos. Aya sempre encontrou o lado positivo e as oportunidades educacionais em todas as situações.”

Higashi faleceu antes de seu marido e deixou seu irmão Yute Atagi de Nelson, BC. Um serviço memorial foi realizado em 19 de setembro na Kaslo United Church.

A vila de Kaslo planeja renomear uma rua em homenagem a Aya e Buck, perto de onde eles moravam.

Buck e Aya Higashi, cerca de um ano antes de seu falecimento.

* Este artigo foi publicado originalmente no Nelson Star em 29 de julho de 2015 e foi ligeiramente modificado em relação ao original pelo autor.

© 2015 Nelson Star / Greg Nesteroff

Aya Higashi Colúmbia Britânica Canadá educação gerações Kaslo Nisei Popoff Slocan campo de concentração Slocan City professores ensino Segunda Guerra Mundial Campos de concentração da Segunda Guerra Mundial
About the Author

Greg Nesteroff é editor do Nelson (BC) Star e está interessado na história da região de West Kootenay, na Colúmbia Britânica.

Atualizado em janeiro de 2016

Explore more stories! Learn more about Nikkei around the world by searching our vast archive. Explore the Journal
Estamos procurando histórias como a sua! Envie o seu artigo, ensaio, narrativa, ou poema para que sejam adicionados ao nosso arquivo contendo histórias nikkeis de todo o mundo. Mais informações
Discover Nikkei brandmark Novo Design do Site Venha dar uma olhada nas novas e empolgantes mudanças no Descubra Nikkei. Veja o que há de novo e o que estará disponível em breve! Mais informações

Discover Nikkei Updates

CRÔNICAS NIKKEIS #13
Nomes Nikkeis 2: Grace, Graça, Graciela, Megumi?
O que há, pois, em um nome? Compartilhe a história do seu nome com nossa comunidade. Inscrições já abertas!
NOVA CONTA DE MÍDIA SOCIAL
Estamos no Instagram!
Siga-nos @descubranikkei para novos conteúdos do site, anúncios de programas e muito mais!
NOVIDADES SOBRE O PROJETO
NOVO DESIGN DO SITE
Venha dar uma olhada nas novas e empolgantes mudanças no Descubra Nikkei. Veja o que há de novo e o que estará disponível em breve!