Material contribuído por tatianamaebuchi

As diferentes gerações nikkeis em minha família

Tatiana Maebuchi

Parei para pensar e comparar as gerações dos meus avós, meus pais e a minha e de minhas irmãs. Além da diferença de idade, existem também a diferença cultural e a adaptação às tradições japonesas. E tudo isso torna cada geração bem diferente uma da outra.

Chá preto em Registro: o resgate da tradição

Tatiana Maebuchi

Registro, cidade do interior de São Paulo e que tem um importante papel na cultura e história dos imigrantes japoneses no Brasil, já foi conhecida como a capital do chá preto nos anos 1960. Agora, a cidade observa a antiga tradição ressurgindo.

Yuba, uma escola de vida nikkei

Tatiana Maebuchi

Peculiar e interessante é a Comunidade Yuba, na cidade de Mirandópolis, em São Paulo. Existem muitas histórias de quem já viveu lá para se contar. Uma delas é de uma família que surgiu na comunidade.

Brazil’s Unique, Self-Sustaining Yuba Community

Tatiana Maebuchi

EDITOR’S NOTES: In the 1930s, a group of Japanese immigrants settled in an area of Brazil called Aliança with the intention of establishing a colony. Among them were Isamu Yuba and his family. Yuba, along with some friends, later went on to purchase land in the area. They had a …

Nikkeis unidos pelos tambores de Okinawa

Tatiana Maebuchi

No Brasil, existem hoje aproximadamente 150 grupos de taiko, segundo a Associação Brasileira de Taiko – ABT. Um dos destaques é o Ryukyu Koku Matsuri Daiko Brasil, que preserva a cultura japonesa e de Okinawa, principalmente, no país.

O ensino atual da língua japonesa no Brasil

Tatiana Maebuchi

O Brasil possui a maior comunidade de descendentes fora do Japão. Hoje existem cerca de 1 milhão e 600 mil descendentes de japoneses, com maior concentração nos estados de São Paulo, Paraná, Mato Grosso do Sul e Pará. Em termos de ensino da língua japonesa, iniciado com os imigrantes, são …

Ser nikkei brasileira: ontem e hoje

Tatiana Maebuchi

Da infância até a vida adulta, posso dizer que como brasileira nikkei vivi e vi alguns aspectos da convivência entre descendentes. Observei também que a cultura japonesa tem se popularizado aos poucos e isto com certeza influenciou, junto com outras mudanças – por exemplo, a visão que tenho de minhas …

A importância histórica das cidades de meus avós

Tatiana Maebuchi

Meus bisavós vieram do Japão e foram viver no interior de São Paulo, nas cidades de Registro, no Vale do Ribeira, e Álvares Machado, no oeste paulista. Curiosamente, minha família se estabeleceu nessas cidades que têm uma grande importância na história da comunidade nipo-brasileira.

Um Ano Novo no Japão e o Ano Novo japonês no Brasil

Tatiana Maebuchi

Até um ano atrás, eu tinha uma ideia de como é a tradição de Ano Novo no Japão (shogatsu). A data é importante no país por ser religiosa. E quando viajei para lá, vi um pouco desta celebração de perto.

Brilho nikkei

Tatiana Maebuchi

Londrina, cidade no norte do estado do Paraná, é a segunda comunidade com maior número de descendentes de japoneses do Brasil, com cerca de 30 mil nikkeis, sendo uma das maiores do mundo fora do Japão. É lá onde surgiu e atua o Grupo Hikari, que neste ano completa 10 …

Login or Register to join our Nima-kai

Informação

Sou brasileira descendente de japoneses de quarta geração (yonsei), jornalista e blogueira/vlogueira de viagens e cultura japonesa. Já trabalhei dentro da comunidade nipo-brasileira e acho importante divulgar a cultura do país de origem de minha família.

I'm Brazilian and forth generation nikkei (yonsei), journalist and blogger/vlogger (travel and Japanese culture). I've worked with the Japanese community and I think it's important to publish about the culture of the country where my family came from.

Interesses sobre os nikkeis

  • histórias comunitárias
  • festivais/matsuri
  • culinária japonesa/nikkei
  • bairros japoneses
  • taiko
  • identity

Receba novidades

Cadastre-se para novidades por e-mail

Journal feed
Events feed
Comments feed

Apoie o projeto

Descubra Nikkei

O site Descubra Nikkei é um lugar once você pode se conectar com outras pessoas e assim participar nas experiências dos nikkeis. Para continuar a manter e expandir este projeto, nós precisamos da sua ajuda!

Maneiras de ajudar >>

Projeto do Japanese American National Museum


Patrocinador principal: The Nippon Foundation