Discover Nikkei Logo

https://www.discovernikkei.org/pt/interviews/clips/1020/

Faça isso por todos os asiáticos (Inglês)

(Inglês) Sabe, o tempo todo que estávamos fazendo esses argumentos e eu estava participando, de vez em quando, alguém dizia: "Como é que você está nessa?" E eu dizia: "Vocês são míopes". Eu dizia, "Número 1, se tivermos sucesso", eu dizia, "você está indo fazê-lo por todos os asiáticos” - naquela época eu usava o termo "orientais", eu disse, "Se eu não puder dizer a um coreano de um japonês, ou de um chinês e nenhum de vocês puder também, então, como os caucasianos serão capazes de dizer? Eles não serão capazes de dizer também." Eu disse: "Você está indo fazê-lo pelos nipo-americanos, mas no final fará por todos os asiáticos. Esse é o número 1 e é por isso que estou aqui." Eu disse: "Eu pareço com você, ninguém poderia dizer a diferença e por isso, quando for cumprido, será para todos. Será o que nos libertará."


100º Batalhão de Infantaria 442ª Equipe de Combate Regimental forças armadas discriminação relações interpessoais militares racismo Exército dos Estados Unidos Segunda Guerra Mundial

Data: 28 de agosto de 1995

Localização Geográfica: Califórnia, Estados Unidos

País:

Entrevistados

O Coronel Young Oak Kim (aposentado do exército americano) era um condecorado veterano combatente, tendo tomado parte do 100º Batalhão da Infantaria/442º Time de Combate Regimental durante a Segunda Guerra Mundial, além de ter sido um líder comunitário respeitado. Ele nasceu em 1919 em Los Angeles, numa família de imigrantes coreanos.

Após o início da guerra, ele foi designado como um jovem oficial no 100º Batalhão, o qual era composto apenas de niseis. Mais tarde, ele teve a oportunidade de ser transferido porque se acreditava que coreanos e japoneses não se davam bem. Ele rejeitou a oferta, afirmando que todos eram americanos. Um líder natural dotado de aguçados instintos no campo de batalha, os feitos do Coronel Kim são quase que lendários.

O Coronel Kim continuou a servir o país na Guerra da Coréia, durante a qual ele se tornou o primeiro membro de uma minoria étnica a comandar um batalhão de combate do exército americano. Ele se aposentou do exército em 1972. O Coronel Kim recebeu 19 medalhas, incluindo a Cruz por Distinção no Serviço, a Estrela de Prata, duas Estrelas de Bronze, três Corações Roxos [“Purple Hearts,” medalhas concedidas aos mortos ou feridos nos campos de batalha], e a Cruz de Guerra francesa.

Mais tarde, o Coronel Kim serviu a comunidade asiática-americana ao ajudar a fundar a Fundação Educacional Go For Broke; o Museu Nacional Japonês Americano; o Centro de Pesquisa Coreano de Saúde, Educação e Informações; e a Coalição Coreana Americana, entre outros. Ele morreu de câncer em 29 de dezembro de 2005, aos 86 anos de idade. [A expressão “Go for Broke” -- “dar tudo de si não importa o resultado final” -- se refere ao regimento composto por nipo-americanos durante a Segunda Guerra Mundial] (8 de agosto de 2008)

Bill Hashizume
en
ja
es
pt
Bill Hashizume

Perdendo o emprego por ser canadense (Inglês)

(n. 1922) Nissei Canadense que não pôde voltar ao Canada até 1952

en
ja
es
pt
George Katsumi Yuzawa
en
ja
es
pt
George Katsumi Yuzawa

A compaixão dos vizinhos após Pearl Harbor (Inglês)

(n. 1915) Florista Nissei que se fixou em Nova York depois da Segunda Guerra Mundial. Integrante ativo do movimento sobre direitos civis dos Nipo-Americanos

en
ja
es
pt
Henry Shimizu
en
ja
es
pt
Henry Shimizu

Nenhum impacto imediato após Pearl Harbor (Inglês)

(n. 1928) Médico. Ex-Chairman da Fundação pelas Reparações aos Nipo-Canadenses

en
ja
es
pt
Masako Iino
en
ja
es
pt
Masako Iino

O interesse nos estudosde migração japonesa (Japonês)

Presidente do Tsuda College e pesquisadora da história Nikkei

en
ja
es
pt
Henry Shimizu
en
ja
es
pt
Henry Shimizu

Tratamento dos pescadores japoneses no Canadá durante a Segunda Guerra Mundial (Inglês)

(n. 1928) Médico. Ex-Chairman da Fundação pelas Reparações aos Nipo-Canadenses

en
ja
es
pt
Henry Shimizu
en
ja
es
pt
Henry Shimizu

Nipo-canadenses ganham direito ao voto em 1949 (Inglês)

(n. 1928) Médico. Ex-Chairman da Fundação pelas Reparações aos Nipo-Canadenses

en
ja
es
pt
Henry Shimizu
en
ja
es
pt
Henry Shimizu

Jornal japonês apoiado pelo governo canadense durante a Segunda Guerra Mundial (Inglês)

(n. 1928) Médico. Ex-Chairman da Fundação pelas Reparações aos Nipo-Canadenses

en
ja
es
pt
Venancio Shinki
en
ja
es
pt
Venancio Shinki

Lembranças da infância: japonês 1, japonês 2… (Espanhol)

(n. 1932-2016) Pintor Peruano

en
ja
es
pt
Venancio Shinki
en
ja
es
pt
Venancio Shinki

Maltrato à colônia japonesa (Espanhol)

(n. 1932-2016) Pintor Peruano

en
ja
es
pt
Venancio Shinki
en
ja
es
pt
Venancio Shinki

Preconceito no colégio japonês (Espanhol)

(n. 1932-2016) Pintor Peruano

en
ja
es
pt
Robert Katayama
en
ja
es
pt
Robert Katayama

Sendo obrigado a manter um diário que mais tarde foi confiscado, aparentemente pelo FBI (Inglês)

Havaiano nissei que serviu na II Guerra Mundial com o 442º Time de Combate Regimental

en
ja
es
pt
Barbara Kawakami
en
ja
es
pt
Barbara Kawakami

Ajudando soldados (Inglês)

Pesquisadora e estudiosa do vestuário dos imigrantes japoneses.

en
ja
es
pt
Barbara Kawakami
en
ja
es
pt
Barbara Kawakami

Discriminação contra os okinawas (Inglês)

Pesquisadora e estudiosa do vestuário dos imigrantes japoneses.

en
ja
es
pt
Yuri Kochiyama
en
ja
es
pt
Yuri Kochiyama

Pai como prisioneiro de guerra no hospital (Inglês)

(1922–2014) Ativista política e de direitos civis.

en
ja
es
pt
Yuri Kochiyama
en
ja
es
pt
Yuri Kochiyama

Patriotismo versus lealdade (Inglês)

(1922–2014) Ativista política e de direitos civis.

en
ja
es
pt

Discover Nikkei Updates

CRÔNICAS NIKKEIS #13
Nomes Nikkeis 2: Grace, Graça, Graciela, Megumi?
O que há, pois, em um nome? Compartilhe a história do seu nome com nossa comunidade. Inscrições já abertas!
NOVIDADES SOBRE O PROJETO
NOVO DESIGN DO SITE
Venha dar uma olhada nas novas e empolgantes mudanças no Descubra Nikkei. Veja o que há de novo e o que estará disponível em breve!